quinta-feira, 12 de julho de 2012

Um dia inusitado

Hoje eu sonhei com pessoas muito aleatórias. Muito mesmo. Tanto que decidi até escrever o sonho aqui.

Bem, eu estava pegando o metrô e encontrei uma menina que é amiga de uns amigos meus. Conheço ela, mas pouco falo. Anyway. Ela estava no metrô, por algum motivo, alguma das duas puxou assunto e fomos conversando até o momento que ela sugeriu saltarmos do metrô pois... Não lembro o motivo. Sei que saltamos e fomos almoçar alguma coisa. Ela queria comer num lugar lá que era meio caro, eu não gostei muito da ideia, mas fomos ver o que tinha. Chegando lá encontramos a Talita (sim, a mesma de todos os outros sonhos) que por sinal, é amiga dela. Conversa vai, conversa vem, percebo que Talita está meio alta, mas tudo bem, ela estava engraçada desse jeito. Com isso outros três seres que pouco falo, mas admiro, chegam e se entrosam na conversa. Detalhe que todas essas pessoas são do CEFET, pouco falo com elas e todas existem mesmo.
O papo tava engraçado. Não lembro de frases ou assuntos, mas lembro que estava realmente engraçado, principalmente pelo fato de algumas pessoas estarem meio bêbadas. Até que alguém decide que deveríamos sair dali e encontrar um lugar mais animado e todos concordam com a ideia. Tudo isso se passou dentro de um shopping da zona sul, que por sinal, se parecia bastante com o Rio Plaza Shopping. Enfim... Procurando outro lugar para nos instalarmos, passamos por um barzinho com karaokê e avisto amigos meus lá dentro. Um deles que, por sinal, está para vir para o RJ e vive prometendo um reencontro. Era isso que estava acontecendo, na verdade. Era o reencontro do Samuel. Muitos amigos meus estavam lá, até mesmo meu orientador (?). Fiquei com eles por lá, sem mágoas por não terem me convidado para o reencontro, e as outras pessoas totalmente aleatórias de mais cedo foram procurar outro lugar para se instalarem.
Foi um sonho divertido. Pena que não lembro dos detalhes decentemente. A conversa no metrô foi muito bizarra...
Mas é o que digo... Você tira a pessoa do CEFET, mas o CEFET não sai da pessoa T_T

Um comentário:

Anônimo disse...

Talvez você devesse tentar sonhos lúcidos, por eles você pode controlar seus sonhos.